Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

NBA: LeBron James continua a fazer história no play-off

Logótipo de O Jogo O Jogo 04/05/2017 Alcides Freire
May 3 2017 Cleveland OH USA Cleveland Cavaliers forward LeBron James (23) reacts in the third quarter against the Toronto Raptors in game two of the second round of the 2017 NBA Playoffs at Quicken Loans Arena. Mandatory Credit David Richard-USA TODAY Sports © David Richard-USA TODAY Sports May 3 2017 Cleveland OH USA Cleveland Cavaliers forward LeBron James (23) reacts in the third quarter against the Toronto Raptors in game two of the second round of the 2017 NBA Playoffs at Quicken Loans Arena. Mandatory Credit David Richard-USA TODAY Sports

O ranking continua a ser comandado por Michael Jordan, considerado o melhor basquetebolista de todos os tempos.

LeBron James conduziu na quarta-feira os campeões Cleveland Cavaliers na vitória sobre os Toronto Raptors, por 125-103, e passou a ser o segundo melhor marcador de sempre nos play-off da Liga Norte-americana de Basquetebol (NBA).

A maior estrela dos Cavs entrava para o segundo jogo das meias-finais da Conferência Este a precisar de 25 pontos para ultrapassar Kareem Abdul-Jabbar no 'ranking' de melhores marcadores da fase a eliminar.

Com os 39 pontos marcados contra os Raptors, LeBron James passou a ser o segundo melhor marcador de sempre nos play-off da NBA, com um total de 5.777 pontos, mais 15 que a antiga estrela dos Los Angeles Lakers.

LeBron James conseguiu os 5.777 pontos em 205 jogos nos 'play-off', enquanto Jordan anotou 5.987 pontos em 179 encontros da fase a eliminar.

O 'ranking' total continua a ser liderado por Kareem Abdul-Jabbar, que anotou na carreira 38.387 pontos, enquanto James é o sétimo melhor de sempre, com 28.787.

No segundo jogo com os Raptors, outros três jogadores destacaram-se pela formação de Cleveland: Kyrie Irving (22 pontos e 11 assistências), Channing Frye (18 pontos e cinco ressaltos) e Iman Shumpert (15 pontos e seis ressaltos).

Pela formação canadiana, três jogadores fizeram 20 ou mais pontos: Jonas Valanciunas (23 pontos e cinco ressaltos), Cory Joseph (22 pontos e seis ressaltos) e Kyle Lowry (20 pontos e cinco assistências).

No outro jogo de quarta-feira, nas meias-finais da Conferência Oeste, os San Antonio Spurs venceram os Houston Rockets, por 121-96, e empataram 1-1 a eliminatória.

A formação de San Antonio igualou o confronto, mas pode ter perdido Tony Parker, um dos elementos fundamentais da equipa, para o que resta da temporada, já que o francês teve de abandonar o campo quando faltavam nove minutos para a 'buzina', desconhecendo-se ainda a gravidade do problema físico.

Nas estatísticas, destacou-se pelos Spurs Kawhi Leonard, que acabou o jogo com 34 pontos, sete ressaltos e oito assistências.

Apesar de ter saído devido à lesão, Parker foi o segundo melhor marcador dos Spurs, com 18 pontos. Estiveram ainda em evidência pela formação de San Antonio LaMarcus Aldrige (15 pontos e oito ressaltos), Jonathon Simmons (14 pontos) e Danny Green (13 pontos).

Pelos Rockets, a grande estrela da equipa, James Harden, esteve numa noite desinspirada no 'tiro ao cesto', conseguindo 13 pontos, mais dez assistências e sete ressaltos.

O melhor marcador dos visitantes foi Ryan Anderson, com 18 pontos (mais oito ressaltos).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon