Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

NBA unida contra Donald Trump no Media Day

Logótipo de O Jogo O Jogo 25/09/2017 O Jogo

Esta segunda-feira, as equipas da NBA apresentaram-se aos jornalistas e a polémica entre Trump e os jogadores da NFL não passou ao lado de ninguém

© John E. Sokolowski-USA TODAY Sports

Depois de um dos verões mais movimentados em termos de mercado, esta segunda-feira foi dia de as equipas da NBA se apresentarem à Imprensa. No entanto, questões como objetivos para a nova temporada, análise da época anterior ou reforços ficaram completamente à margem deste Media Day.

As atenções estiveram quase todas viradas para a polémica entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e os jogadores da NFL.

Todos os atletas, treinadores e dirigentes da NBA tiveram o que dizer, ficando aqui algumas das melhores frases do dia, com Gregg Popovich e LeBron James à cabeça.

LeBron James (jogador de Cleveland): "São as pessoas que fazem o país, não é um indivíduo, muito menos ele"

Gregg Popovich (treinador San Antonio): "Achei cómico que o convite [para Golden State ir à Casa Branca] fosse retirado, porque os jogadores não iriam a lado nenhum. (...) O nosso país é um embaraço para o mundo"

Bradley Beal (jogador de Washington): "Não comungo dos mesmos pensamentos. Para mim, [Trump] é um palhaço. E é inaceitável o que faz como líder"

Udonis Haslem (jogador de Miami): "Sempre que ele abre a boca, é do tipo "A sério?".Quando pensas que não vai dizer nada pior, ele supera-se"

John Wall (jogador de Washington): "Não gosto de nada do que ele diz. Não tenho o mínimo respeito por ele"

Masai Ujiri (presidente dos Toronto Raptors): "Garanto que aqui ninguém vai ser despedido"

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon