Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Netanyahu exige encerramento da estação televisiva Al-Jazeera em Israel

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/07/2017 Administrator

Jerusalém, 227 jul (Lusa) -- O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, anunciou na quarta-feira que queria expulsar a estação televisiva Al-Jazeera, baseada no Qatar, que acusou de atiçar as tensões em torno dos locais santos.

"A estação Al-Jazeera continua a incitar à violência a propósito do Monte do Templo (que os palestinianos designam por Esplanada das Mesquitas), escreveu Netanyahu na rede social Facebook.

"Já por várias vezes que pedi às agências encarregadas da aplicação da lei que fechassem o seu escritório em Jerusalém. Se isto não for possível, por razões de interpretação da lei, vou procurar fazer aprovar a lei necessária para expulsar a Al-Jazeera de Israel", acrescentou.

Há anos que Israel acusa a Al-Jazeera de parcialidade na sua cobertura do conflito que mantém com os palestinianos.

A Arábia Saudita, os Emirados Árabes Unidos, o Barém e o Egito, que romperam em 05 de junho as suas relações com o Qatar, impondo-lhe uma série de sanções, também exigem o encerramento da estação televisiva, acusando-a de "propagar um discurso de extremismo e ódio".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon