Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Neto de Gandhi candidato da oposição a vice-Presidente da Índia

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/07/2017 Administrator

A oposição na Índia anunciou hoje a intenção de apresentar como candidato a vice-Presidente Gopalkrishna Gandhi, neto de Mahatma Gandhi, cargo que será renovado nos próximos dias, juntamente com o do Presidente.

A líder do Partido do Congresso, Sonia Gandhi, anunciou a decisão de 18 formações políticas da oposição de apresentar o antigo governador de Bengala Ocidental para acompanhar a candidata à presidência, Meira Kumar.

O nome de Golapkrishna Gandhi tinha surgido como um possível candidato para suceder ao Presidente indiano, Pranab Mukherjee, na eleição que decorrerá na próxima segunda-feira no parlamento indiano.

No entanto, no final foi escolhida Kumar, uma líder 'dalit' -- ou 'intocável', o nível mais baixo do sistema de castas na Índia, que irá enfrentar o candidato da aliança no Governo -- Partido do Povo Indiano (BJP, na sigla original) -, Ram Nath Kovind, também ele um 'intocável'.

A indicação do neto do líder do movimento independentista indiano foi aprovado de forma unânime, disse Sonia Ghandi aos jornalistas, após a reunião dos partidos da oposição.

Mukherjee termina o seu mandato no próximo dia 25 de julho e o seu sucessor será eleito numa sessão no parlamento no próximo dia 17, através de um processo de votação em que participam os membros das duas câmaras legislativas e os representantes das assembleias regionais.

O vice-Presidente atual, Mohammad Hamid Ansari, também termina as suas funções no dia 10 de agosto e o seu sucessor será eleito com o mesmo procedimento, em data ainda a determinar.

O BJP não anunciou ainda qual é o seu candidato.

Tanto o cargo de Presidente como de vice-Presidente têm um conteúdo mais protocolar e simbólico, de acordo com a Constituição indiana, já que é a figura do primeiro-ministro a que tem as funções de chefe do executivo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon