Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Neymar encanta até o presidente de França: "Ouvi dizer que há boas notícias"

Logótipo de O Jogo O Jogo 03/08/2017 Hugo Monteiro

Para Emmanuel Macron, a possível chegada de Neymar é um sinónimo de que França é um país atrativo.

O presidente da França, Emmanuel Macron, saudou esta quinta a possível chegada do futebolista brasileiro Neymar para o Paris Saint-Germain e considerou que tal é um reflexo de como o país é atrativo.

"Esta é uma boa notícia", disse o líder francês à margem de uma viagem de trabalho a Yvelines, perto de Paris, onde, por coincidência, também se encontrava o presidente do PSG, o empresário qatari Nasser Ghanim al Khelaifi.

De acordo com o canal televisivo francês BFM TV, Neymar chegará a Paris na sexta-feira, e não quinta-feira, tal como o inicialmente previsto, para resolver ainda uns detalhes logísticos e familiares em Barcelona.

© REUTERS/Philippe Wojazer

"Felicidades. Ouvi dizer que há boas notícias", disse Emmanuel Macron ao empresário e presidente do PSG, Nasser Ghanim al Khelaifi, referindo-se ao desbloquear da situação que envolve a saída de Neymar do Barcelona, presa por uma cláusula de 222 milhões de euros.

Na quarta-feira, o empresário do futebolista brasileiro Neymar Wagner Ribeiro confirmou que o Paris Saint-Germain pagaria os 222 milhões de euros da cláusula de rescisão.

Já esta quinta-feira, a liga espanhola recusou o depósito de 222 milhões de euros referente à transferência do brasileiro Neymar do Barcelona para o Paris Saint-Germain.

Quatro representantes de Neymar, entre eles um advogado especialista em direito desportivo, estiveram na sede do organismo, em Madrid, para depositar o valor da cláusula de rescisão de contrato de Neymar com o Barça, mas esbarraram na nega dos responsáveis do organismo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon