Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

No FC Porto já só dá Juventus: "Dybala e Higuaín? Estou preparado", garante Felipe

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/02/2017 Hugo Monteiro
© Ivan del Val/Global Imagens

Já só se pensa na Champions no FC Porto. Roma é a memória que inspira a equipa.

Já só dá Juventus e ninguém no FC Porto o esconde. O crescimento inequívoco nas últimas semanas anima o plantel para a Liga dos Campeões, mas até é o início de época que mais inspira os dragões. Toda a gente no clube se lembra da goleada em Roma e do apuramento no play-off que foi o primeiro passo para esta caminhada que quarta feita tem novo capítulo. E outra vez com adversário italiano.

"Toda a gente dizia que o Roma ia passar e isso mexe connosco, deu-nos ainda mais vontade de mostrar a força do FC Porto. Empatámos em casa, mas faltava um jogo. Tínhamos muita vontade e mostrámos o que somos", começa por explicar Felipe ao Esporte Interativo. "Agora saiu a Juventus e eu não pensei muito em escolher adversários. E também me coloquei no lugar deles, que pensaram que lhes saiu o FC Porto, uma grande equipa. Vai ser um grande duelo e ninguém se vai entregar", promete. Dybala e Higuaín não são tarefa para qualquer um. "Dois grandes atletas argentinos com uma história incrível. Na Libertadores é sempre aquele duelo maior entre brasileiros e argentinos. Há aquela rivalidade, mas a cabeça tem que estar sempre ligada no jogo. Estou bem preparado para os defrontar", garante. "Qual vou marcar? O Nuno é que decide", respira.

Ler reportagem completa na edição impressa e e-paper.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon