Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

No Mónaco todos gostam uns dos outros

Logótipo de O Jogo O Jogo 09/05/2017 Rodrigo Cortez
Bakayoko, à direita, festeja um golo de Bernardo Silva © Reuters / Andrew Couldridge Livepic Bakayoko, à direita, festeja um golo de Bernardo Silva

Bakayoko explica o principal segredo da ótima época.

A surpreendente campanha do Mónaco tem segredos para além da qualidade de Leonardo Jardim, Bernardo Silva ou Mbappé, por exemplo.

Como aponta o médio Bakayoko, a principal força da equipa até nem se prende com a qualidade individual de nenhum elemento. É, antes, a força do coletivo.

"A nossa força é o coletivo. Toda a gente dá o melhor de si em prol da equipa. Todos gostamos verdadeiramente uns dos outros. Há muito carinho entre todos, cada um joga em função dos outros. E quando entramos no relvado também pensamos no prazer que podemos dar aos nossos adeptos", declarou Bakayoko.

O Mónaco perdeu com a Juventus na primeira mão das meias-finais, por 2-0. Hoje, a partir das 19h45, em Turim, vai tentar a (dificílima) reviravolta na eliminatória.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon