Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Notas dos exames do 9.º ano subiram nos Açores, mas aquém do desejado - Governo

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/07/2017 Administrator

O Governo dos Açores destacou hoje que as notas finais do 9.º ano em Português e Matemática subiram na região face a 2016, mas os resultados obtidos "ficam ainda aquém do desejado" pelo executivo.

Uma nota do executivo açoriano informa que, segundo os dados revelados hoje pelo IAVE - Instituto de Avaliação do Ensino, na disciplina de Português realizaram a prova final na região, na 1.ª fase, 2.181 alunos, que atingiram uma média de 52,6%, o que significa uma subida de 1,08 pontos percentuais face à média obtida no ano anterior.

Na disciplina de Matemática fizeram a prova final nos Açores, na 1.ª fase, 2.190 alunos, tendo a média subido 7,15 pontos percentuais face a 2016, passando de 37,42% para 44,57%, acrescenta a Secretaria Regional da Educação e Cultura.

As provas finais valem, para os alunos internos, 30% da classificação final da disciplina.

Sublinhando que "os resultados obtidos são significativamente melhores do que em 2016, sobretudo na disciplina de Matemática", a tutela na região considera que "ficam ainda aquém do desejado pelo Governo dos Açores".

No entanto, "a evolução dos resultados é um indicador importante para a análise das medidas que têm vindo a ser implementadas na superação das dificuldades sentidas particularmente nesta disciplina", refere uma nota sobre a média dos exames do 9.º ano de Português e Matemática.

A nota destaca que está a ser concretizado um trabalho "no âmbito do plano integrado de promoção do sucesso escolar ProSucesso -- Açores pela Educação, proposto para uma década, e que requer a necessária estabilidade nas políticas".

A média das classificações da primeira fase dos exames do 9.º ano de Português e Matemática a nível nacional foi de 58% e de 53%, respetivamente, subindo um e seis pontos percentuais face ao ano letivo anterior.

Segundo os dados divulgados pelo Ministério da Educação, cerca de 75% dos alunos obtiveram na prova de Português uma classificação igual ou superior a 50%.

Na prova de Matemática, 57% dos alunos obtiveram classificação igual ou superior a 50%.

Relativamente às taxas de reprovação, o Ministério indica uma descida relativamente ao ano de 2016, tanto na disciplina de Matemática (2 pontos percentuais), como na de Português (1 ponto percentual).

As provas finais do 3.º ciclo de 2017 foram realizadas em 1.258 escolas localizadas em Portugal continental, nas regiões autónomas dos Açores e da Madeira e nas escolas no estrangeiro com currículo português.

Na primeira fase das provas finais do 3.º ciclo, obrigatória para todos os alunos internos que se encontrem em condições de admissão, foram realizadas 185.317 provas, referentes às disciplinas de Português, de Matemática, de Português Língua Segunda e de Português Língua Não Materna.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon