Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Nunca acusámos o Benfica de comprar resultados. Vamos investigar"

Logótipo de O Jogo O Jogo 03/10/2017 Francisco Sebe
© Miguel Pereira/Global Imagens

O diretor de comunicação e informação do FC Porto analisou o discurso de Luís Filipe Vieira na assembleia geral do Benfica, destacando um "lapso de língua" do presidente encarnado.

Francisco J. Marques destacou uma frase do discurso de Luís Filipe Vieira na assembleia geral do Benfica: "Nunca comprámos um filho da p... de um resultado", afirmou o presidente do clube encarnado, questionado esta terça-feira pelo diretor de comunicação do FC Porto.

"Há duas coisas bastante relevantes [do discurso]. Uma é a confissão da veracidade dos emails. Ele fala do email que envia ao Paulo Gonçalves. E depois há uma frase com muito vernáculo pelo meio que é importante, quando diz que nunca comprou um resultado. Desde junho que temos vindo a fazer denúncias do Benfica. Mas nunca falámos em comprar resultados. O que quererá dizer este lapso de língua do presidente do Benfica? Pela nossa parte, vamos investigar, mas é no mínimo estranho", afiançou Francisco J. Marques, que considera a possibilidade "ainda mais grave" do que as denúncias feitas ao longo dos últimos meses:

"Nós, que denunciamos um sem número de tropelias, desde interferência na classificação dos árbitros, a monitorização das mensagens do presidente da Federação, nunca falámos de compra de resultados. Consegue ser mais grave do que as coisas graves que já denunciámos. O presidente do Benfica teve a oportunidade de esclarecer os adeptos e os sócios sobre a investigação que está a decorrer sobre corrupção desportiva. Ninguém disse nada sobre isso. A Sábado escreveu e ninguém foi capaz de desmentir", rematou o dirigente portista.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon