Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Nunca tive a mínima intenção de fugir aos impostos"

Logótipo de O Jogo O Jogo 31/07/2017 Alcides Freire

Cristiano Ronaldo já reagiu à audiência desta segunda-feira, no tribunal de Pozuelo de Alarcón

"As finanças de Espanha conhecem todos os detalhes sobre os meus rendimentos porque fomos nós que demos essa informação. Jamais ocultei alguma coisa nem tinha qualquer intenção de fugir aos impostos", começou por dizer Cristiano Ronaldo, em comunicado.

"Faço sempre as minhas declarações de rendimentos de forma voluntária, porque penso que todos temos de declarar e pagar impostos de acordo com o que recebemos. Quem me conhece, sabe o que peço aos meus assessores: que tenham tudo em dia, tudo corretamente regularizado, porque não quero problemas", acrescentou.

"Quando assinei pelo Real Madrid, não criei nenhuma estrutura especial para gerir os meus direitos de imagem. Mantive a mesma estrutura que tinha em Inglaterra... Foi o Manchester Untied que me recomendou esses advogados, em 2004, muito antes de pensarem que tinha para Espanha. A estrutura foi a mesma que em Inglaterra, foi comprovada pelas finanças ingleses e garantiram que era legal e legítima", concluiu.

O Ministério Público, recorde-se, acusa o internacional português de ter defraudado o fisco espanhol em 14,7 milhões de euros entre 2011 e 2014.

Ronaldo foi ouvido como investigado (suspeito), ainda em fase de instrução do processo, à porta fechada, pela juíza Mónica Gomez e respondeu às perguntas do Ministério Público.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon