Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Nuno Cabral avisava Paulo Gonçalves sobre árbitros em estágio, revela mail

Logótipo de O Jogo O Jogo 13/06/2017 Ana Proença

Francisco J. Marques divulga dois mails entre Paulo Gonçalves e Nuno Cabral, que define como um "Adão Mendes da nova vaga"

No programa Universo Porto, do Porto Canal, uma semana depois da divulgação dos emails entre Pedro Guerra e Adão Mendes, Francisco J. Marques volta a divulgar mais emails tendo elementos ligados ao Benfica como intervenientes.

O diretor de comunicação denuncia emails trocados entre Paulo Gonçalves, assessor jurídico para a SAD do Benfica e Nuno Cabral, que explica ser "um Adão Mendes da nova vaga"

© Global Imagens

"Era um árbitro de qualidade duvidosa em Vila Real e consta que ia para os cursos de árbitros saber quem era do Benfica para informar o Benfica", disse.

Os mails em questão datam da altura em que Nuno Cabral era delegado da liga: "Ele mandou para Luís Filipe Vieira e Paulo Gonçalves um mail a dizer 'para vosso conhecimento e análise' com um anexo, ao qual não tivemos acesso, mas ao qual Paulo Gonçalves responde: 'Bom trabalho, excelente'. No mesmo dia, 14 minutos depois, Nuno Cabral responde ao Paulo Gonçalves: 'obrigado, apenas quero ser um menino querido para você e fazer o meu trabalho. Que o homem confie em mim, como o doutor'".

Francisco J. Marques divulgou outro mail entre os mesmos dois intervenientes, que considera "especialmente grave" e também de quando Nuno Cabral era delegado da liga, antes de ter começado a trabalhar na federação (FPF).

"O mail dizia: 'destes 15, vão 12 em estágio para o próximo ano. Os 15 refere-se a árbitros de segunda categoria e a mensagem tinha sido reencaminhada a Nuno Cabral por João Pinheiro, que na altura não era árbitro de 1º categoria. Nuno Cabral envia-a, por seu turno, para Paulo Gonçalves. Isto é muito grave, o senhor Nuno Cabral convenceu o árbitro a enviar-lhe aquilo e reenviou para o Benfica".

"É preciso castigar devidamente os responsáveis por isto (...) Os árbitros são marionetas nas mãos destas pessoas que tr

"O Benfica interferiu de forma danosa na arbitragem. Esta é a prova. Agora investigue-se: a Polícia Judiciária, o Conselho de Disciplina da FPF. É do interesse da FPF e da Liga de Clubes", acrescentou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon