Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Nuno Espírito Santo dá a definição do espírito de portista

Logótipo de O Jogo O Jogo 13/04/2017 Hugo M. Monteiro

Treinador do FC Porto voltou a focar a importância dos adeptos azuis e brancos para o sucesso da equipa.

Nuno Espírito Santo tem uma ideia clara: os adeptos portistas são uma das armas mais importantes que o FC Porto tem para defrontar os adversários e acredita que, além da falange de apoio com que os dragões têm contado, têm sido os próprios jogadores a encarnarem aquilo que define como "espírito de portista".

© Ivan Del Val/Global Imagens

"O fundamental é encarar o desafio de devolver o FC Porto ao lugar que pertence, que é ser campeão. Queremos quebrar este ciclo de três anos sem vencer e os jogadores correspondem ao máximo. O espírito do portista será sempre esse: querer mais, trabalhar mais, comprometer-se mais e dedicar-se mais", afiançou o técnico, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Braga, onde também abordou a questão dos bilhetes disponibilizados para a deslocação ao Minho:

"Sabemos que foram solicitados 6300 bilhetes, mas não vão estar tantos adeptos. O que é importante é o que temos sentido e eles [adeptos] transportam o espírito do Dragão para qualquer cidade do país. Os que vão ficar no carro a ouvir o relato também são muito importantes. Todos os portistas o são", rematou Nuno.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon