Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Nuno Espírito Santo diz que vitória com Estoril é melhor forma de preparar 'champions'

Logótipo de LusaLusa 19/08/2016 Joana Amorim
ESTELA SILVA/LUSA © EPA / ESTELA SILVA ESTELA SILVA/LUSA

Olival, Vila Nova de Gaia, 19 ago (Lusa) – O treinador do FC Porto salientou hoje a vontade de vencer o Estoril-Praia, no sábado, na segunda jornada da I Liga de futebol, como maneira de preparar da melhor forma o jogo do ‘play-off’ da Liga dos Campeões.

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Estoril-Praia, Nuno Espirito Santo explicou que a equipa está preparada para continuar a vencer no campeonato, referindo que essa é a melhor forma de o FC Porto não ter que, na próxima época, voltar a disputar a eliminatória que permite o acesso à maior prova europeia.

"Estamos concentrados unicamente no jogo com o Estoril. Até porque temos consciência que a melhor maneira de garantir que no próximo agosto não se jogue o ‘play-off’ da ‘champions’ é o campeonato. Esse é o nosso grande objetivo. O objetivo passa por amanhã [sábado] conquistarmos os três pontos no Estádio do Dragão. O FC Porto quer estar na ‘champions’ da maneira mais importante, que é através do campeonato", referiu o treinador.

Em relação ao que vai pedir aos seus jogadores em campo, Nuno Espírito Santo não deixa margem para grandes cenários, sendo que a única hipótese que coloca passa pela vitória em casa.

"O que se pode esperar é o que queremos que aconteça. Ou seja, uma equipa concentrada no jogo e só neste jogo. Além disso, a melhor forma de preparar a segunda mão do ‘play-off’da Liga dos Campeões é com uma vitória frente ao Estoril", admitiu ainda.

Nuno Espírito Santo salientou ainda o "desgaste tremendo" que o grupo azul e branco sofreu no encontro, em casa, com a Roma [1-1], e, por isso mesmo, apenas vai tomar a decisão em relação ao ‘onze’ que vai defrontar o Estoril após o treino de hoje.

"Sabemos que no jogo de quarta-feira houve muita intensidade e desgaste. Na segunda parte desse encontro defendemos muito alto, e tivemos muitas situações, o que causou muito desgaste. Os jogadores recuperaram ontem [quinta-feira] e hoje e, por isso mesmo, as decisões serão após o treino. Sabemos, para já, que contamos com todos e isso é muito bom", esclareceu ainda.

O técnico não comentou, no entanto, as várias opções avançadas pela imprensa para reforçar o FC Porto, bem como a suposta ida de Rafa para o Benfica, depois de ter sido avançado o interesse dos ‘dragões’ no jogador do Braga.

"Até dia 31 [altura em que fecha o mercado em Portugal] estamos sujeitos a muita coisa. Queríamos que já tivesse acabado este período, para os jogadores terem tranquilidade necessária. Em relação a todos os jogadores que não estão integrados no grupo, estamos à procura que se resolvam as situações o mais depressa possível. E os que estão, são todos importantes. Em relação às especulações feitas pela imprensa, não comento", disse.

Confrontado ainda com a aposta feita em Adrián Lopéz, Nuno Espírito Santos disse o jogador justificou a confiança.

"Adrián não iniciou trabalhos connosco, fomos para estágio e decidimos integrá-lo na equipa. Trabalhou muito bem, de forma aplicada e teve a sua oportunidade. É mais um com quem contamos. Sabemos o seu potencial", finalizou.

O FC Porto recebe este sábado o Estoril-Praia, às 20:30 horas, num embate relativo à 2ª jornada da I Liga de futebol, com arbitragem de Luís Ferreira, da Associação de Futebol de Braga.

JYA/JPYG // NF

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon