Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Nuno Espírito Santo não fala do Benfica e transforma entusiasmo em responsabilidade

Logótipo de O Jogo O Jogo 17/03/2017 Alcides Freire

Nuno Espírito Santo, treinador do FC Porto, agradeceu apoio dos adeptos na chegada da equipa de Turim

. © Fornecido por O jogo .

Nove vitórias e uma jornada antes do Benfica: O próximo jogo é o mais importante. O que está para trás não é determinante. O calendário é este que temos desde o início, temos de saber adaptar-nos. Sabemos que os internacionais vão para as seleções, oxalá fossem mais porque seria bom sinal para o FC Porto. Os que ficam vão trabalhar para retificarmos o menos bom e melhorar o que fazemos bem. Estamos preparados para o calendário"

Adeptos acreditam no título: "Acreditámos desde o primeiro dia que podemos ser campeões. Desde o primeiro dia que sabíamos todos que este é um ano importante e determinante para encerrar um ciclo sem títulos. Estamos a trabalhar unidos para conseguir esse objetivo de sermos campeões"

Motivação: "A nossa motivação única é a conquista dos três pontos. Consideramos fundamental desde o primeiro dia melhorar, retificar o menos bom e potenciar o melhor dos últimos jogos para continuarmos este crescimento sustentado

Onda de apoio dos adeptos: "É com agrado que vejo o entusiasmo dos adeptos do FC Porto, designadamente na chegada de Turim. Essa onda de apoio transforma-se naturalmente em responsabilidade e exigência. Os jogadores já o disseram: temos de ganhar pelos adeptos e por nós. Temos de ganhar

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon