Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Nuno: "Passámos por momentos de injustiça"

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/05/2017 Hugo M. Monteiro
© Ivan Del Val/Global Imagens

Em jeito de balanço da época, Nuno Espírito Santo admitiu alguns erros seus e dos jogadores, mas voltou a falar em "situações difíceis de explicar".

Margem para crença: Neste momento tudo está em aberto. Somos conscientes de que é difícil. Saberemos [se haverá campeão] quando entrarmos em campo. Mas isso não invalida o que venho dizendo desde que comecei a falar. O FC Porto sempre que joga tem o máximo de responsabilidade. A camisola significa muito. Neste momento somos o melhor ataque e a melhor defesa. Conseguimos o melhor resultado em casa. Isso vai ser demonstrado no domingo".

Apoio dos adeptos: "Espero e desejo apoio à equipa, e que, no final do jogo, a equipa e os seus adeptos possam estar juntos naquele que será o último encontro no Dragão. Durante todo o ano tivemos momentos muito difíceis, de injustiça, mas atravessámo-los de forma conjunta. A nossa prioridade sempre foi a competição".

Responsabilidades: "Nós sentimos responsabilidades, porque neste momento não estamos na luta. Houve momentos de erros difíceis de explicar, de erros nossos. Temos tempo, de forma conjunta, de encontrar o porquê e saber que o nosso trabalho foi válido. A melhoria individual foi fundamental para o crescimento da equipa, fizemos coisas boas. Vai estar tudo decidido quando entrarmos em campo. Os nossos jogadores são muito muito dignos. Podemos ser acusados de não ter feito as coisas tão bem como o desejado, mas nunca viramos a cara à luta. No domingo espero uma equipa vencedora, capaz de jogar o futebol que tão bem joga. O nosso trabalho foi bom durante o ano".

Danilo recuperado e exclusão de Layún: "Sim, já está integrado, a 100 por cento, será mais uma opção. Tudo são decisões, muito pensadas e fundamentadas e, acima de tudo, entendidas por parte do grupo. É um grupo de trabalho muito bom. Essas decisões foram sempre tomadas de forma muito frontal. Foi apenas uma decisão técnica e assim será para o próximo jogo, com todos os jogadores".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon