Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Nuno pode igualar um feito sem título

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/05/2017 Rui Trombinhas

vNeste milénio, apenas Fernando Santos, José Mourinho, André Villas-Boas e Vítor Pereira não perderam nenhum jogo em casa no campeonato. Nuno Espírito Santo pode juntar-se à lista

© HELDER SANTOS

Vencer ou empatar hoje com o Paços de Ferreira fará de Nuno Espírito Santo um treinador imbatível na sua "fortaleza", em jogos a contar para o campeonato, um feito conseguido apenas por José Mourinho, André Villas-Boas, Vítor Pereira e Fernando Santos, neste milénio. Mas há uma diferença que até aqui só o atual selecionador nacional tinha registado e que passa por manter a invencibilidade em casa, falhando o título de campeão nacional. Fernando Santos tinha conseguido manter o FC Porto sem derrotas nas Antas nas duas épocas seguintes à conquista do "penta" (1999/00 e 2000/01), deixando fugir o primeiro título para o Sporting e o segundo para o Boavista.

Amanhã, se vencer o Paços de Ferreira, Nuno Espírito Santo terá somado 14 vitórias e três empates no Dragão, estádio onde o clube já não sofre uma derrota, em jogos do campeonato, desde 30 de abril de 2016 e do clássico da 32.ª jornada com o Sporting, que terminou com a vitória dos leões (3-1).

O FC Porto de Nuno chega à 33.ª jornada desta Liga com três empates no Dragão: Benfica (1-1), V. Setúbal (1-1) e Feirense (0-0), cedendo seis pontos perante os seus adeptos. Estes dois últimos resultados, aliás, contribuíram, e muito, para tirar a equipa da corrida ao título, numa fase decisiva. Até ali, os azuis e brancos até tinham registado a melhor série de resultados em casa. Entre a 12.ª e a 24.ª jornada, o FC Porto tinha vencido oito jornadas consecutivas no Dragão, uma série que terminou com o empate com V. Setúbal, que impediu os dragões de irem à Luz, na semana seguinte, com um ponto de vantagem sobre o Benfica, que também empatara em Paços de Ferreira na mesma jornada.

O melhor registo continua a ser de José Mourinho que, em 2003/04, foi campeão com um FC Porto cem por cento vitorioso nas 17 jornadas disputadas perante os adeptos azuis e brancos, festejando o título com oito pontos de vantagem sobre o Benfica.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon