Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Nuno Reis pede ao Sporting: "É para lhes enfiar um barrete!"

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/09/2017 Ana Proença
© Fornecido por O jogo

Pelo Panathinaikos, o central criado entre leões já aprendeu a "mimar" o rival Olympiacos e deixa um pedido...

Nuno Reis cresceu em Alvalade, é sportinguista confesso e nos dias de hoje rival acérrimo do Olympiacos, daí que, a O JOGO, para amanhã, confesse que quer ver cheia a alma leonina: "Que se imponham e ganhem o jogo. Que os calem! Metam-lhes um barrete, pode ser?"

O Sporting pode esperar o quê deste adversário?

-Em primeiro lugar, um ambiente muito caloroso. Os gregos vivem o futebol como uma religião, por isso o estádio estará cheio, com os adeptos a gritarem e a falar mal do Sporting. Espero que o Sporting chegue aqui [Atenas], ganhe o jogo e que lhes enfie um barrete na cabeça!

Estão assim tão confiantes para o jogo de amanhã?

-Falar com adeptos do Olympiacos é impossível, senão somos insultados. Em casa são sempre um bocadinho mais fortes do que fora, mas em termos técnicos, táticos e coletivos, o Sporting é superior. Parte claramente em vantagem e está com um andamento muito forte. Se fizer o seu jogo, certamente que ganha. O Olympiacos quer discutir o acesso à Liga Europa com o Sporting, mas quando virem a qualidade do adversário e dos seus jogadores, em termos individuais e coletivos, perceberão que têm pela frente um rival que pode ganhar à Juventus ou ao Barcelona.

Mas encontra virtudes no Olympiacos?

-O ponto mais forte é a velocidade dos extremos, por causa do Sebá e do Pardo. Depois, têm o Odjidja-Ofoe, com muito andamento, que joga no meio-campo e defrontou o Sporting na época passada pelo Légia Varsóvia. Compensa muito bem em termos ofensivos e defensivos e remata bem de longe, de onde pode criar perigo. É um jogador muito interessante.

O Olympiacos passou mal contra o Rijeka, no play-off...

- Eles não são muito coesos. Dão muito espaço e os avançados por vezes ficam muito à frente, os médios muito parados e a linha defensiva demasiado atrás. O Sporting com o seu jogo entre linhas consegue facilmente criar grandes dificuldades.

É um jogo à medida de Bruno Fernandes ou Gelson?

-O Sporting tem muitas opções. Se tirarmos o Bruno Fernandes e colocarmos o Podence, ele fará um bom jogo; se sair o Dost, entra o Doumbia e fará golos. O Gelson é sempre regular. Battaglia e William são muito inteligentes e saem bem. O Acuña é fabuloso e há experiência na linha defensiva. Nem vale a pena falar de Patrício, dispensa palavras. É o Sporting mais equilibrado em termos ofensivos e defensivos que vejo nos últimos anos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon