Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Nuno Saraiva reage ao arquivamento do auto contra Eliseu: "Uma palavra: vergonha!"

Logótipo de O Jogo O Jogo 29/08/2017 Hugo Monteiro
© JFS/Global Imagens

Conselho de Disciplina arquivou a queixa do clube leonino contra Eliseu.

Nuno Saraiva mostrou-se indignado face ao anúncio do arquivamento da queixa do Sporting contra Eliseu, tendo como base um lance do jogador do Benfica com Diogo Viana, do Belenenses, no jogo entre os encarnados e os azuis do Restelo, na terceira jornada. Através da sua página do Facebook, o diretor de comunicação do Sporting resumiu a tomada de decisão do Conselho de Disciplina a uma palavra: "Vergonha".

"Quando, com base na homilia de um padre, se arquiva uma agressão destas, fazendo tábua rasa de tudo aquilo que foi dito pelo próprio Conselho de Arbitragem que reconheceu a agressão que deveria ter sido punida com ordem de expulsão, e ignorando a unanimidade de todos os especialistas, creio que não é preciso dizer mais nada. Com esta decisão, que significa a morte dos autos de flagrante delito e o tirar de tapete à Comissão de Instrutores da Liga e ao próprio Conselho de Arbitragem, escancara-se a porta à anarquia", escreveu o dirigente do Sporting, colocando em xeque a posição dos dois órgãos federativos, prosseguindo:

"Somar esta decisão à jurisprudência de quatro jornadas de absoluta impunidade resume-se a uma palavra: Vergonha!", completou Nuno Saraiva.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon