Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"O Benfica está a ser investigado por corrupção ativa na atividade desportiva"

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/09/2017 Alcides Freire

Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, comentou a notícia desta quinta-feira publicada na revista Sábado

A revista Sábado avança esta quinta-feira que um juiz da Comarca de Lisboa terá impedido a realização de buscas a Luís Filipe Vieira, Pedro Guerra e Paulo Gonçalves. "Juiz impediu PJ de fazer buscas a Vieira", assim é o título da revista Sábado, que esta quinta-feira revela numa reportagem pormenores de uma operação montada em julho pela Polícia Judiciária - um mês depois da revelação do "caso dos emails" por Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto -, e que acabou depois da decisão de Jorge Marques Antunes, juiz na Instrução Criminal da Comarca de Lisboa".

© Fornecido por O jogo

"O que retiro essencial, do meu ponto de visto, é esta passagem: o tipo de crime que está a ser investigado é corrupção ativa na atividade desportiva. O que a Unidade Nacional de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária está a investigar, o que o Ministério Público está a investigar, é corrupção ativa na atividade desportiva. É disso que se trata, é isso que está a ser investigado.. o Benfica, Pedro Guerra, Adão Mendes, toda essa gente de que temos falado", afirmou Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto.

EM ATUALIZAÇÃO

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon