Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"O Bruno Fernandes nem parecia o mesmo jogador"

Logótipo de O Jogo O Jogo 13/07/2017 Alcides Freire
Jorge Jesus © Álvaro Isidoro / Global Imagens Jorge Jesus

O treinador Jorge Jesus comentou à Sporting TV a derrota, por 3-0, no jogo de preparação com o Valência. Destacou o cansaço de dois jogos em dois dias.

Sobre o jogo: "Mais um treino com uma equipa forte. O Valência, que é uma boa equipa, enfrentou um Sporting cansado do jogo após o com o Fenerbahçe. Não tivemos tempo para recuperar contra um adversário preparado. O Sporting fez dois jogos seguidos, uma viagem longa e ressentiu-se"

Sem andamento: "O importante é preparar a equipa, não é o resultado. Não tivemos andamento, porque jogámos contra uma equipa que nos obrigou a correr muito. O importante é que a equipa, quando estiver menos fatigada, consiga estar "soltinha" para corresponder ao que queremos no campeonato e, já agora no jogo de apresentação. Aí já teremos alguns dias de descanso"

Reforços: "Têm-se integrado bem, apesar de hoje o Bruno Fernandes estar totalmente fatigado. Nem parecia o jogador que foi ontem. Quisemos dar mais carga. Todos os que jogaram fizeram-no em dificuldade. O Valência defendeu bem, saiu muito rápido e não tivemos capacidade nem velocidade para acompanhar".

Emigrantes e sportinguistas: "Na pré-época é importante dar condição física à equipa, mas igualmente esta união que há com os sportinguistas que não estão em Portugal e que continuam a ter uma paixão muito grande pelo clube. Tivemos de aceitar esta calendarização para podermos estar em várias partes da Suíça"

Distância: "Fizemos 150 km para vir aqui jogar e depois isso nota-se nos jogadores. Nos próximos jogos? Não estaremos tão cansados. Vamos ter um dia de descanso, dará para recuperar alguma coisa. O Basileia também não é tão forte como o Valência".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon