Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"O meu cliente estava a fugir da Juve Leo", diz advogado de Luís Pina

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/04/2017 Rui Trombinhas
© PEDRO ROCHA

Carlos Melo Alves voltou a defender a tese do acidente

A morte de Marco Ficini, adepto italiano que morreu durante confrontos entre adeptos do Benfica e Sporting junto ao Estádio da Luz, terá sido um acidente, segundo afirma Carlos Melo Alves, advogado de Luís Pina, adepto que se entregou esta quinta-feira às autoridades e ficou detido até ser presente e Juiz.

Em declarações ao Público, o causídico sublinhou ainda que tudo se deveu a agressões da Juve Leo, a claque do Sporting. "Ele contou-me que vinha embora do estádio quando foi obrigado a parar, porque adeptos da Juve Leo lhe atingiam o carro com pontapés e barras de ferro. A viatura fiou toda amolgada. Teve de fugir e, na fuga, aconteceu o acidente".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon