Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"O pai de Neymar é um vagabundo que só sabe aproveitar-se do filho"

Logótipo de O Jogo O Jogo 31/03/2017 João Cardoso

Delcir Sonda, ex-empresário de Neymar, não poupa nas críticas ao pai do atleta

© Fernando Bizerra Jr.

O empresário brasileiro conta, em entrevista ao jornal As, que o Real Madrid foi o primeiro clube espanhol a tentar a contratação de Neymar e que o negócio só não se concretizou devido à "ganância" do pai do jogador. Delcir Sonda vai mais longe e acusa o pai de Neymar de ter enriquecido à custa do esforço do filho.

"Neymar agora diz que não me conhece e isso parte-me o coração. Como é que ele pode dizer isso? Só se explica pela influência do pai. Desde o princípio que o pai exerce uma grande influência sobre ele. No Brasil dizemos que ele é um vagabundo, que só está rico à custa do filho. Enriqueceu da noite para o dia às custas do filho. A ganância desse homem vai terminar mal", começou por dizer.

"Sandro Roser subornou o pai do Neymar, por a primeira proposta era do Real Madrid e o jogador já tinha dito que sim. O Real estava disposto a pagar 65 milhões de euros, mais 10 por objetivos. No entanto, o presidente do Barcelona avançou com 10 milhões, que tentaram esconder como um suposto empréstimo", acrescentou.

Delcir Sonda, que chegou a ter 40 por cento da percentagem do passe de Neymar, garante que o pai do jogador até nos contratos publicitários do filho ganhava dinheiro.

"Neymar fazia muita publicidade no Brasil, mas só ficava com metade do dinheiro. O resto ia para o pai. Ele ficou a saber disso quando partilhou uma publicidade com o Ganso. Depois, perguntou-me como era possível estar a ganhar menos do que o compatriota e eu contei-lhe a verdade. Neymar não gostou e afastou-se do pai, mas por pouco tempo", remata.

Delcir Sonda queixa-se de ter sido enganado pelo Barcelona e pelo jogador, tendo recebido 40 por cento de um total de 17,1 milhões de euros, quando, na verdade, a transferência terá sido feita por um valor bem mais elevado.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon