Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

O que Jorge Jesus tem de comum com os treinadores italianos

Logótipo de O Jogo O Jogo 03/08/2017 Ana Proença

Bruno Fernandes revê os treinadores italianos em Jorge Jesus.

Conforme explicou na entrevista concedida ao Jornal Sporting, o futebol em Itália vive mais focado "na parte tática, zona ofensiva, defensiva, jogadas estudadas". Por isso, o médio contratado pelos leões à Sampdoria diz rever os treinadores italianos em Jorge Jesus.

© Gustavo Bom / Global Imagens

"Gosta da organização tática, pois sabe que isso faz a diferença num jogo. Ele é persistente nessa parte tática. Dá-me muita liberdade a nível ofensivo, gosta de criatividade na frente e isso é bom para mim", comentou.

"É um treinador exigente e isso torna-se essencial numa equipa que quer ser campeã", acrescentou, explicando, sobre as suas características, sempre ter sido um médio interior. "Joguei mais vezes num meio-campo a três do que num meio-campo com dois médios. Sou um jogador de sacrifício", disse.

"Por vezes sei que exagero nas corridas e na pressão porque quero estar em todo o lado. O mister tem insistido comigo na perceção dos momentos de pressão. A nível ofensivo, diz para não andar tanto nas alas porque acredita que posso ser mais influente na zona central", acrescentou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon