Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"O rótulo de novo Messi chegou a prejudicar-me"

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/03/2017 Alcides Freire

Deulofeu, uma das maiores promessas saídas da fábrica de talentos do Barcelona, considera que não há jogador que seja comparável ao craque argentino.

A atravessar um excelente momento de forma no Milan, Gerard Deulofeu considera que a pior fase da sua ainda curta carreira já passou e tudo à conta de... Lionel Messi. Em entrevista à revista do clube "rossonero", o extremo espanhol considera que as comparações com o astro argentino foram prejudiciais para o seu desenvolvimento, numa fase em que ainda atuava nos escalões de formação do Barcelona.

© EPA/Daniel dal Zannaro

"Foi mais prejudicial do que benéfico. Não costumo ler os jornais, mas o rótulo de novo Messi chegou a prejudicar-me, porque gerou muitas expectativas nos adeptos do Barça. E Messi só existe um", afirmou o internacional por "La Roja".

Contudo, Deulofeu revela que o seu ídolo não é o 10 catalão, mas sim outro grande nome do futebol mundial: Ronaldinho Gaúcho. "Sempre adorei vê-lo jogar. Sempre foi a minha referência", rematou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon