Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"O resultado é o que menos importa, mas tem influência nos adeptos"

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/07/2017 Alcides Freire
© Fornecido por O jogo

Treinador dos leões não atribuiu grande importância à derrota com o Vitória, salientando que teve que inventar uma defesa para contornar as lesões de vários elementos

Jorge Jesus não gostou do rendimento da equipa na derrota com o Vitória de Guimarães, mas destacou as dificuldades que teve para construir um onze. Treinador garantiu que a equipa vai estar nas melhores condições no arranque da Liga, frente ao Aves.

Sobre a derrota: "O objetivo para este jogo era o de tentar dar mais minutos e intensidade aos jogadores menos utilizados até agora. Houve algumas falhas de jogadores e também tivemos que improvisar, porque não tínhamos um defesa-direito [Piccini com fadiga muscular depois do jogo com o Mónaco e André Geraldes lesionado]. Com a expulsão de Coates, o Palhinha foi para central. Inventámos uma linha recuada. O resultado é o que menos importa, mas tem influência nos adeptos; não foi um bom resultado".

Sobre as substituições: "Tentei dar mais intensidade à equipa ao colocar os jogadores mais utilizados. O plano era que entrassem mais tarde, mas antecipei o cenário devido ao que se estava a passar".

Sobre a preparação da equipa: "O importante é que a equipa esteja em condições no dia 6 de agosto, com o Aves. Vamos já dar um sinal positivo com a Fiorentina, apesar de não termos centrais, porque o André Pinto está lesionado, o Mathieu tem um pequeno problema e o Coates vai cumprir castigo, pelo que nos resta o Tobias Figueiredo".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon