Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Obra pública" de Júlio Resende exposta em Matosinhos

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/09/2017 Administrator

A Galeria Municipal de Matosinhos vai receber, a partir de sábado, a exposição "Obra Pública", de Júlio Resende, composta por estudos que, nalguns casos, deram origem a importantes trabalhos do artista cujo centenário agora se assinala.

Em comunicado, a Câmara Municipal de Matosinhos refere que a exposição "resulta da colaboração entre a Câmara Municipal de Matosinhos e o Lugar do Desenho -- Fundação Júlio Resende, apresentando um conjunto de estudos para painéis cerâmicos, tapeçarias e vitrais, os quais deram origem a algumas das mais importantes obras de Resende".

Assim, numa das salas vai estar exposto o espólio da autarquia de Matosinhos, "cuja principal parede da sala de sessões públicas do edifício dos paços do concelho conta com uma das mais notáveis obras de Resende, o painel cerâmico 'Lenda de Cayo Carpo'".

A exposição inclui também diversos estudos realizados para todo o país, desde o painel "Ribeira Negra", no Porto, aos vitrais da igreja do Foco, na mesma cidade.

"A cartografia da obra pública de Júlio Resende traduz, com toda a clareza, a sua extensão e importância. Instalada em escolas, tribunais, postos fronteiriços, hotéis, espaços religiosos, bancos, câmaras municipais, hospitais e centros de saúde, praças, estações de metropolitano e áreas comerciais, essa obra atravessa Portugal do norte ao sul do país, em Valença, Viana, Guimarães, Bragança, Miranda do Douro, Penafiel, Vila do Conde, Porto, Espinho, Oliveira do Bairro, Vagos, Aveiro, Anadia, Vilar Formoso, Évora e Lisboa", pode ler-se no texto do catálogo da exposição, assinado pela crítica Laura Castro.

A autora do texto refere que "esta exposição, enquadrada nas atividades que assinalam o centenário do nascimento de Júlio Resende, pretende ser mais um contributo para o conhecimento da sua obra pública, vasta e de grande significado para a arte portuguesa".

Laura Castro recorda as declarações de Resende sobre o sentido da obra pública: "Um mural num espaço urbano é o mais justo fim de uma pintura. Aí atinge plenamente a sua função social, e é essa a razão de ser da sua existência".

"Obra pública" vai estar aberta ao público até 27 de janeiro do próximo ano.

Júlio Resende nasceu no Porto, a 23 de outubro de 1917, cidade onde se formou em Pintura na Escola de Belas Artes, em 1945. Resende chegou a dar aulas nessa mesma escola, entre 1958 e 1987.

Distinguido com múltiplos prémios ao longo da carreira, Júlio Resende veio a morrer em 21 de setembro de 2011, na sua casa em Valbom, no concelho de Gondomar.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon