Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Obras no quartel dos Bombeiros de Marco de Canaveses vão avançar

Logótipo de O Jogo O Jogo 03/08/2017 Administrator

Os Bombeiros de Marco de Canaveses vão iniciar a ampliação e requalificação do seu quartel, intervenção orçada em 250 mil euros que dotará as instalações de maior operacionalidade, avançou à Lusa fonte da direção.

O presidente Fernando Nazário explicou hoje que parte da intervenção será apoiada por fundos comunitários, nomeadamente no que reportará à ampliação e requalificação dos balneários femininos e masculinos, à substituição dos portões do parque, à pintura exterior de todo o edifício e à construção de duas coberturas nas traseiras do quartel para parque de viaturas.

Estes trabalhos, orçados em 160 mil euros, são comparticipados por fundos do Portugal 2020.

A autarquia local também apoiará financeiramente.

"Temos o compromisso do empreiteiro de finalizar a obra em dezembro. Isso dar-nos-á uma compensação de 10%, ficando apenas 5% do valor a ser pago pela autarquia", explicou o dirigente.

O valor elegível através do Portugal 2020 não contemplou outras intervenções que a corporação pretende realizar, como a repavimentação do piso exterior do quartel e a remodelação de 90 cacifos dos bombeiros. Estas intervenções serão suportadas pela associação humanitária.

"São cerca de 80 mil euros que iremos investir para completar as obras", referiu o presidente.

Fernando Nazário recordou que o atual quartel tem cerca de 20 anos de existência, justificando-se, por isso, esta intervenção para melhorar a capacidade de resposta às necessidades do corpo ativo.

"Vamos tornar o quartel mais operacional e com mais qualidade e conforto para os nossos bombeiros", realçou, indicando que as obras deverão começar em meados deste mês.

O dirigente acrescentou, por outro lado, que está prevista a aquisição de duas ambulâncias, uma de socorro e outra de transportes de doentes não urgentes, no valor de 80 mil euros, que chegarão ao quartel em setembro.

"Vamos ter de recorrer ao crédito para a aquisição das duas viaturas, mas foi-nos atribuído, pela câmara municipal, um subsídio de 14 mil euros para dar de entrada na aquisição", disse.

A corporação de Bombeiros do Marco de Canaveses, responsável por todo o concelho (201 quilómetros quadrados), é composto por 140 operacionais.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon