Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Oficial: Chapecoense despede treinador

Logótipo de O Jogo O Jogo 04/07/2017 Hugo M. Monteiro

Série de cinco jogos sem ganhar ditou o fim de linha para Vágner Mancini.

O brasileiro Vágner Mancini abandonou o comando técnico da Chapecoense, anunciou esta terça-feira o 15º classificado do Brasileirão.

© Reprodução/Chapecoense

Depois de uma série de cinco jogos sem ganhar, que culminou no empate (3-3) de segunda-feira em casa do Fluminense, o emblema, que anunciou a decisão em comunicado, decidiu despedir o técnico, de 50 anos, com o adjunto, Emerson Cris, a assumir o cargo interinamente.

Mancini foi contratado com a missão de reconstruir a equipa, depois do acidente de aviação que matou o antigo treinador, Caio Júnior, e 19 jogadores, entre outras vítimas.

Contudo, o emblema de Chapecó conseguiu apenas 14 pontos nos primeiros 11 jogos do Brasileirão, ficando no 15º lugar e próximo dos lugares de descida, antes do jogo de domingo, em casa com o Atlético Paranaense.

Sob o comando do técnico, a Chape alinhou em 45 partidas, vencendo o Campeonato estadual de Santa Catarina, um dos objetivos da época.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon