Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Oficial: Pedro Caixinha despedido, dias depois de falar em vergonha

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/10/2017 Hugo M. Monteiro

Treinador português foi despedido após sete meses no comando da equipa.

Pedro Caixinha já não é treinador do Rangers. O clube escocês confirmou esta quinta-feira o despedimento do treinador português, que orientou o clube nos últimos sete meses.

Caixinha deixa o clube após o empate frente ao Kilmarnock, que surgiu dias depois da eliminação nas meias-finais da Taça da Liga inglesa frente ao Motherwell (2-0). O Rangers ocupa atualmente o quarto lugar na liga escocesa, a oito pontos do líder Celtic e a cinco do segundo classificado, Aberdeen.

© REUTERS/Russell Cheyne

A decisão foi tomada esta quinta-feira, altura em que a direção do clube convocou uma reunião extraordinária para decidir o futuro do treinador, que acabou por ser dispensado. "Pedro foi contratado em março deste ano, mas os resultados têm sido desapontantes e não são proporcionais ao nível de investimento e recursos disponíveis", pode ler-se.

Este desfecho acontece numa semana em que Caixinha deixou duras críticas aos jogadores, na sequência da eliminação da Taça da Liga. "Já disse aos jogadores: 'vocês estão a envergonhar-me, estão a envergonhar o clube e os adeptos'. Agora é altura de reagir", afirmou, na altura. "Se eles estão numa meia-final [com a oportunidade] de fazer história por este clube e jogam desta forma, então algo está errado", disse ainda.

Certo é que o empate com o Kilmarnock acabou por ser a gota de água.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon