Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

O.J. Simpson vai sair em liberdade condicional

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/07/2017 Alcides Freire

A antiga estrela de futebol americano deverá deixar a prisão a 1 de outubro

O.J. Simpson conseguiu o que queria quando esta quinta-feira entrou na sala de tribunal e viu ser aceite o pedido de liberdade condicional. Deixará a cadeia, ao que tudo indica, a 1 de outubro, nove anos depois de ter começado a cumprir uma pena de prisão de 33 anos.

O antigo jogador dos Buffalo Bills foram preso com a acusação de rapto, porte de arma e roubo. Simpson está, desde 2008, no prisão de Lovelock, em Nevada.

. © Fornecido por O jogo .

Durante a sessão, que durou pouco mais de uma hora, O.J. fez várias afirmações que rapidamente se tornaram muito comentadas nos Estados Unidos. "Nunca foi acusado de ter puxado uma arma para alguém", disse. O.J. recebeu também apoio de uma de suas vítimas, Bruce Fromong. "É hora de dar-lhe uma segunda oportunidade. É hora dele ir para casa com família, amigos".

A decisão de hoje nada tem que ver com o célebre caso de 1995, quando O.J. foi acusado do homicídio da ex-mulher, Nicole Brown, e do amigo Ronald Goldman. Na altura foi absolvido após um longo e polémico julgamento.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon