Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

ONU condena ataque que matou três "capacetes azuis" no Mali

Logótipo de O Jogo O Jogo 25/09/2017 Administrator

A ONU condenou o ataque contra uma caravana da Missão de Estabilização no Mali (Minusma), no domingo, que provocou a morte de três "capacetes azuis" e deixou gravemente feridos outros cinco, na região de Gao, no norte do país.

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, expressou as suas condolências aos familiares dos militares, do Bangladesh, e ao governo de Daca, ao mesmo tempo que desejou uma rápida recuperação dos feridos, segundo um comunicado do seu porta-voz.

O representante especial adjunto do secretário-geral, Koen Davidse, condenou o ataque de uma "mina ou artefacto explosivo" contra as forças de paz que escoltavam um comboio quando ocorreu a explosão, perto das 07:00, indicou a Minusma num comunicado publicado na rede social Facebook.

António Guterres reafirmou o apoio da ONU aos esforços destinados a restaurar a paz duradora e a segurança no Mali, cujo governo firmou, em 2015, um acordo de paz com os grupos rebeldes do norte do país.

Nesse sentido, o diplomata português instou os subscritores do acordo de paz a agilizar a sua implementação para "isolar os grupos terroristas e outras entidades dispostas a derrubar" o processo de reconciliação.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon