Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Onze incêndios florestais ativos na Galiza, três ameaçam povoações

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/10/2017 Administrator

As autoridades galegas informaram que estão ativos onze incêndios florestais que excedem os vinte hectares na região, sendo que há três casos (Ponteareas, Cervantes e San Cristovo de Cea) em que existe risco real para povoações.

O Departamento do Meio Rural revelou que há quatro províncias galegas afetadas pelas chamas, sendo o município de Cervantes (Lugo) o mais afetado.

Em Padróns, em Ponteareas (Pontevedra), o incêndio supera os 1.500 hectares, afetando as localidades de Redondela, Soutomaior e Pazos de Borbén.

Segundo informação oficial, nas últimas horas foram controlados cerca de uma dezena de fogos e extintos outros cinco, sendo que desde sábado há registo de mais de oitenta incêndios na Galiza, com mais de 4.000 hectares queimados.

No combate às chamas estão mobilizadas 350 brigadas de bombeiros, apoiadas por meios terrestres e aéreos, bem como 160 membros da Unidade Militar de Emergências (UME), que aguardam mais 100 reforços, cuja mobilização se complicou devido aos trabalhos de prevenção em curso na fronteira com Portugal, onde também há inúmeros incêndios ativos, alguns dos quais já chegaram a Ourense.

Em Portugal, mais de mil operacionais combatem hoje incêndios de grande dimensão no país, sendo os fogos nos distritos de Viana do Castelo, Guarda e Coimbra os que suscitam mais preocupação, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon