Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Onze pessoas decapitadas em ataque na Líbia

Logótipo de O Jogo O Jogo 23/08/2017 Administrator

Pelo menos nove soldados e dois civis foram decapitados na Líbia durante um ataque contra uma posição do Exército Nacional Líbio, leal ao homem forte do Estado, Khalifa Haftar, disse à AFP um porta-voz desta força.

"Pelo menos nove soldados foram decapitados (...) e mais dois civis foram mortos da mesma maneira numa posição" do Exército Nacional, afirmou o coronel Ahmed al-Mesmari, atribuindo o ataque ao grupo extremista Estado Islâmico (EI).

O ataque, que não foi reivindicado até ao momento, ocorreu hoje nas imediações de um posto de controlo das forças leais ao marechal Haftar na região de Joufra, cerca de 500 quilómetros a sul Tripoli.

O Exército Nacional Líbio estabeleceu-se em junho nesta região, onde existe uma base militar aérea.

Esta base foi ocupada pelas Brigadas de Defesa de Bengasi (BDB), uma coligação de combatentes que se opõe a Khalifa Haftar, incluindo islamitas expulsos da cidade de Bengasi (este).

Mesmo após a perda da sua fortaleza em Syrte (norte), em dezembro de 2016, o EI permanece ativo na Líbia, em particular no sul e este do país, segundo os analistas e fontes militares.

A Líbia está dividida por conflitos entre milícias e duas autoridades a disputar o poder no país: de um lado o governo de união nacional, reconhecido pela comunidade internacional e sediado em Tripoli, e do outro uma autoridade que exerce o poder no este do país com o apoio do marechal Haftar.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon