Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Os segredos do diário de Casillas no FC Porto

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/04/2017 Alcides Freire
Dia 1 - Orientação para atacar a bola: Depois da folga, Rui Barbosa treina o posicionamento do corpo, a orientação dos apoios para que Casillas seja um guarda-redes de ataque, a atenção e a orientação espacial. © OCTAVIO PASSOS Dia 1 - Orientação para atacar a bola: Depois da folga, Rui Barbosa treina o posicionamento do corpo, a orientação dos apoios para que Casillas seja um guarda-redes de ataque, a atenção e a orientação espacial.

Casillas exigiu melhorar e conseguiu, especialmente no jogo de pés. O JOGO conta-lhe como é a semana-tipo do treino que Rui Barbosa lhe orienta no FC Porto.

O que mudou afinal na vida e no jogo de Iker? Juan Carlos Arévalo, o treinador do guarda-redes na primeira época em Portugal, acredita que a culpa é do fantasma do Real Madrid, que finalmente foi embora. Rui Barbosa, o atual treinador, prefere acreditar no trabalho que o fez evoluir. Apesar de já ter 35 anos, Casillas assumiu junto do atual treinador de posto específico que ainda pode melhorar. Foi, também, com base na opinião do que o "portero" considerava serem os seus pontos menos fortes que foi construída a sua preparação semanal. Rui Barbosa, que chegou do Rio Ave a pedido de Nuno, introduziu coisas novas e pediu-lhe essencialmente que fosse um guarda-redes de ataque. Ou seja, que saísse da baliza, antecipasse os lances e tudo o que fizesse fosse no sentido de se aproximar da bola.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon