Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Panathinaikos virou miragem para Stojiljkovic

Logótipo de O Jogo O Jogo 25/07/2017 Alcides Freire

Enquanto acenava com um bom salário ao avançado, o Panathinaikos assustou-se ao conhecer o valor fixado pelo Braga para a cedência. Segundo o empresário Simic, os gregos nem sequer abordaram a SAD.

© Fábio Poço/Global Imagens

A época 2017/18 arranca oficialmente nesta quinta-feira para o Braga, frente aos suecos do AIK, em jogo da primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga Europa, e os adeptos terão a oportunidade de rever Stojiljkovic em ação com o emblema arsenalista ao peito, pelo terceiro ano consecutivo. Dada como certa no princípio do mês pelo agente do jogador, Simic, a transferência, por empréstimo, para o Panathinaikos encalhou e não há outras ofertas à vista, pelo que o avançado já só pensa em conquistar a titularidade na equipa comandada por Abel Ferreira. "O Braga só aceitava o empréstimo mediante o pagamento de uma quantia e o Panathinaikos nem chegou a falar diretamente com o Braga. Só falaram comigo", relatou o empresário, confirmando que o clube de Atenas oferecia ao avançado sérvio um salário superior ao que aufere no emblema bracarense.

O sonho desfez-se e Stojiljkovic, ligado ao Braga por mais três épocas de contrato, vê-se agora numa situação algo desconfortável. "Nos jogos da pré-época não tem sido primeira opção e isso deixa-o triste. Só que ele é um lutador e não vai desistir. Já mostrou que podem contar com ele e está fortemente empenhado em repetir a época de 2015/16. As coisas mudam rapidamente no futebol: pode ser que marque quatro ou cinco golos em dois jogos", estimou Simic. Aberto até ao fim de agosto, o mercado também é pródigo em surpresas e, nessa medida, o agente não dá como definitiva a continuidade do avançado. "Vamos ver o que sucede", comentou.

citacao"Não tem sido primeira opção e isso deixa o Stojiljkovic triste"

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon