Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

PAOK começa Liga grega com menos seis pontos devido a confrontos entre adeptos

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/06/2017 Alcides Freire

Formação de Salónica terá ainda pela frente sete encontros à porta fechada.

O PAOK irá começar o campeonato com seis pontos negativos, um castigo imposto pelo Comité Disciplinar da Federação Grega de Futebol em resultado dos graves confrontos que se verificaram no final da Taça, frente ao AEK Atenas.

O órgão disciplinar determinou que a equipa de Salónica terá menos seis pontos, jogará sete jogos à porta fechada e pagará uma multa de 282500 euros, enquanto o AEK jogará quatro jogos sem espetadores e pagará 170000 euros.

Os confrontos entre adeptos dos dois clubes começaram antes do início do jogo, a 6 de maio, no caminho que conduz ao estádio Panthessaliko, em Vólos, e continuaram nas bancadas, com o lançamento de todo o tipo de objetos.

© REUTERS

As autoridades tiveram que recorrer a gás lacrimogéneo para acalmar a situação.

As decisões desta quinta-feira juntam-se a castigos aplicados a outros clubes de topo na Grécia, nomeadamente ao campeão Olympiacos e ao Panathinaikos, que terão que disputar jogos à porta fechada, também devido a distúrbios provocados pelos seus adeptos.

O Panathinaikos jogará duas partidas sem público, enquanto o Olympiacos terá que o fazer em cinco jogos.

Na Taça da Grécia, o PAOK venceu o AEK, que teve André Simões a titular e Hugo Almeida a entrar na parte final, por 2-1.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon