Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Paquistão recusa acusação de Trump e nega dar abrigo a terroristas

Logótipo de O Jogo O Jogo 22/08/2017 Administrator

O Governo do Paquistão considerou hoje "dececionantes" as críticas do Presidente norte-americano, Donald Trump, que acusou Islamabad de ser "um refúgio" para "os terroristas" que desestabilizam o Afeganistão.

"Nenhum país do mundo sofreu mais com o flagelo do terrorismo que o Paquistão, muitas vezes em consequência de ações organizadas fora das nossas fronteiras. É consequentemente dececionante que as declarações norte-americanas ignorem os enormes sacrifícios da nação paquistanesa", afirmou o Ministério dos Negócios Estrangeiros paquistanês em comunicado.

Donald Trump apresentou na segunda-feira a sua estratégia para a guerra no Afeganistão.

Na intervenção que fez, acusou o Paquistão de ser um refúgio para os terroristas que desestabilizam o Afeganistão e exigiu o fim imediato dessa situação.

A crítica é recusada pelo Paquistão: "O Paquistão não autoriza a utilização do seu território contra outro país. Em lugar de se apoiar em alegações falsas sobre refúgios, os Estados unidos deviam trabalhar com o Paquistão para erradicar o terrorismo", lê-se no comunicado hoje divulgado.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon