Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Parlamento aprova voto de pesar pela morte da jornalista maltesa Daphne Caruana Galizia

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/10/2017 Administrator

A Assembleia da República aprovou hoje por unanimidade um voto de pesar pela morte de Daphne Caruana Galizia, jornalista maltesa que se dedicava a investigar casos de corrupção.

"O assassinato desta jornalista representa um violento ataque à liberdade de imprensa e de expressão totalmente inadmissível num Estado de Direito e numa Europa que defende os valores da liberdade e do respeito pelos direitos do Homem", lê-se no voto.

A jornalista de 53 anos -- que chegou a denunciar que estava a ser alvo de ameaças de morte - morreu no dia 16, quando uma bomba explodiu no seu carro.

Nas suas investigações denunciou próximos do primeiro-ministro, Joseph Muscat, como estando implicados em esquemas de lavagem de dinheiro e titularidade de contas na zona franca do Panamá.

O Governo de Malta ofereceu uma recompensa de um milhão de euros a quem fornecer informação relevante para a identificação dos autores do atentado.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon