Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Parlamento israelita vota lei para dificultar partilha de Jerusalém

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/07/2017 Administrator

O Parlamento de Israel votou hoje numa primeira leitura um projeto de lei, enquadrado no acordo de paz, que visa complicar a transição para a soberania palestiniana de determinadas áreas da cidade de Jerusalém.

A votação ocorre num momento de grande tensão devido às medidas de segurança impostas por Israel para entrar na Esplanada das Mesquitas e no Monte do Templo, na Cidade Velha, considerado o terceiro local mais sagrado do Islão.

O projeto de lei, apresentado por um partido nacionalista religioso, que faz parte da maioria no poder, foi aprovado com 51 votos a favor e 41 contra.

"Este projeto ajudará a evitar qualquer plano para dividir Jerusalém ou para transferir parte da cidade para uma soberania estrangeira", argumentou o ministro da Educação, Naftali Bennett.

O texto ainda terá de ser votado mais duas vezes antes de se tornar lei.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon