Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Parlamento recomenda ao inscrição do país de origem nos rótulos do mel

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/07/2017 Administrator

A Assembleia da República aprovou hoje duas recomendações ao Governo, uma do PSD e outra do BE, para que o país de origem da produção do mel conste dos rótulos.

O projeto de resolução do PSD foi aprovado com a abstenção do PS, enquanto a iniciativa apresentada pelo BE contou com a abstenção de PSD, PS e CDS-PP.

O texto apresentado pelos sociais-democratas recomenda ao Governo que "torne obrigatório incluir no rótulo, de uma forma clara e bem visível para o consumidor, o país de origem do mel ou, se for uma mistura de lotes, os países de origem de cada um dos méis, bem como a sua percentagem"

Nesse projeto, pede-se ainda que o Governo "assuma uma maior fiscalização e controlo por parte da ASAE quer ao nível do mel embalado e em fase de comercialização quer ao nível da transformação, por forma a garantir que o mel utilizado é de origem natural e não de produção sintética ou adulterada".

No texto que o Bloco apresentou recomenda-se ainda que "seja permitida a inscrição na rotulagem das embalagens das menções 'Mel de Portugal', 'Mel Português' ou indicação similar, exclusivamente quando o respetivo conteúdo for cem por cento de mel colhido no nosso país".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon