Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Paul Baccaglini vai assumir presidência do Palermo

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/03/2017 Mónica Santos
© Fornecido por O jogo

Depois da rádio e da televisão, o empresário italo-americano deu uma volta à carreira, tornou-se investidor e será, em breve, o sucessor do polémico Maurizio Zamparini, conhecido pela facilidade com que despedia treinadores.

O empresário italo-americano Paul Baccaglini vai assumir a presidência do Palermo, anunciou, esta segunda-feira, em comunicado, o atual 18.º classificado da liga italiana. O clube, que está sem presidente desde a demissão de Maurizio Zamparini, em 27 de fevereiro, especifica que a venda da totalidade das ações a Baccaglini deverá estar concluída até 30 de abril.

O comunicado refere que Paul Baccaglini nasceu nos Estados Unidos e é filho de pai norte-americano e de mãe italiana.

Baccaglini concluiu os estudos em Itália, onde trabalhou na área da comunicação social, com passagens pela rádio e pela televisão, e é cofundador do fundo de investimento Integritas Capital.

Ao longo de 15 anos à frente dos destinos do Palermo, Maurizio Zamparini contratou 28 treinadores e usou o chicote 36 vezes, sinal de que chegou a contratar quem tinha demitido.

Atualmente, o clube é dirigido pelo uruguaio Diego Lopez, que, em 26 de janeiro deste ano, se tornou no quarto treinador da época.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon