Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Pedrógão Grande: Bombeiros da Castanheira de Pera internados registam melhorias

Logótipo de O Jogo O Jogo 31/07/2017 Administrator

Os quatro bombeiros da Castanheira de Pera internados registam melhorias e estão a recuperar, afirmou hoje o comandante da corporação, sublinhando que os casos mais favoráveis são dos dois mais jovens.

Os quatro bombeiros internados na sequência do incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande "estão a recuperar, uns mais rápido, outros de forma mais lenta, mas estão a recuperar", disse à agência Lusa o comandante dos Bombeiros Voluntários da Castanheira de Pera, José Domingues.

"A Filipa [que está internada em Coimbra] vai ser transferida para o Porto para uma unidade de fisioterapia e recuperação. Está estável e as operações correram bem", frisou, referindo que também o operacional Fernando Paulo Tomé, internado em Lisboa, "está a ficar estabilizado".

Já o pai de Fernando Paulo Tomé "está a recuperar muito lentamente, mas pode haver um retrocesso a qualquer momento", informou.

O quarto operacional, internado no Hospital de São João, no Porto, "já passou para a plástica, já foi operado e tem estado a recuperar", acrescentou José Domingues.

O incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande no dia 17 de junho, no distrito de Leiria, provocou pelo menos 64 mortos e mais de 200 feridos, e só foi dado como extinto uma semana depois.

Mais de dois mil operacionais estiveram envolvidos no combate às chamas, que consumiram 53 mil hectares de floresta, o equivalente a cerca de 75 mil campos de futebol.

O fogo chegou ainda aos distritos de Castelo Branco, através da Sertã, e de Coimbra, pela Pampilhosa da Serra e Penela.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon