Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Pedrógão Grande: Município submete candidaturas no valor de 4,8 ME para recuperar infraestruturas

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/08/2017 Administrator

A Câmara Municipal de Pedrógão Grande submeteu cinco candidaturas, no valor de 4,8 milhões de euros, para recuperar as infraestruturas básicas afetadas pelo incêndio que deflagrou no concelho, em junho.

O município informou, na sua página na internet, que as candidaturas ao Centro 2020 já foram submetidas, sendo financiadas a 85% por fundos comunitários, com os restantes 15% "assegurados pelo Fundo de Emergência Municipal".

Estas candidaturas visam regenerar "áreas afetadas pelo incêndio", reabilitar e recuperar "estradas e caminhos municipais", substituir e repor sinalética, repor infraestruturas da rede de distribuição de água e reabilitar edifícios municipais, acrescentou a Câmara de Pedrógão Grande.

De acordo com o Governo, numa nota de imprensa enviada no final de julho, os sete municípios do Pinhal Interior afetados pelos incêndios que deflagraram em junho em Góis e em Pedrógão Grande contam com uma linha de apoio total de 14 milhões de euros para restabelecimento de infraestruturas básicas.

Os concursos para a reposição das infraestruturas básicas afetadas pelas chamas foram abertos a 28 de julho.

Os sete concelhos abrangidos por esta linha de apoio são Pedrógão Grande, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Góis, Pampilhosa da Serra, Sertã e Penela (distritos de Leiria, Coimbra e Castelo Branco).

Dois grandes incêndios começaram no dia 17 de junho em Pedrógão Grande e Góis, tendo o primeiro provocado 64 mortos e mais de 200 feridos. Só foram extintos uma semana depois.

Estes fogos terão afetado aproximadamente 500 imóveis, dos quais mais de 200 eram casas de primeira habitação.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon