Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Pedro Emanuel: "Clube tem de trabalhar muito e falar pouco"

Logótipo de O Jogo O Jogo 22/09/2017 Bruno Monteiro

Treinador do Estoril anteviu a partida deste sábado, frente ao Chaves

Foi com grande pragmatismo que o treinador do Estoril projetou o embate deste sábado, contra o Chaves, referente à sétima jornada da I Liga, dizendo que o "clube tem de trabalhar muito e falar pouco". Pedro Emanuel recordou esta sexta-feira que, apesar de estar atrás na classificação, o clube flaviense surge "motivado por um bom resultado", sendo que, disse, "tem menos pontos do que a qualidade já demonstrada neste campeonato".

O técnico estorilista definiu o Chaves como uma equipa "aguerrida, combativa no meio-campo e com alas muito rápidos que podem provocar desequilíbrios", lembrando que "tem uma ideia de jogo muito definida, que não se altera muito independentemente de atuar em casa ou fora".

© Fornecido por O jogo

O Estoril, 12.º classificado da I Liga, com seis pontos, vem de um período de três derrotas consecutivas, facto a que Pedro Emanuel não deu particular relevo. "São ciclos por que todas as equipas passam e não querem passar", relativizou, sublinhando, por outro lado, um dado que o preocupa: "Quando temos a equipa da I Liga com mais golos sofridos isso gera apreensão". No entanto, Pedro Emanuel evocou logo um aspeto positivo, dizendo que a equipa que comanda é "das que têm o melhor ataque".

O treinador dos canarinhos só vai divulgar o lote de convocados este sábado, mas são conhecidos dois impedimentos, uma vez que a recuperação do lateral Mano está fora de hipótese e o avançado Allano irá cumprir um jogo de castigo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon