Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Pedro Emanuel: "Teremos de ser letais nas oportunidades que tivermos"

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/08/2017 Ana Proença

O treinador do Estoril, Pedro Emanuel, prometeu "coragem frente a um Golias" na antevisão da deslocação de domingo a Alvalade para o encontro com o Sporting.

Na conferência de imprensa realizada no Estádio António Coimbra da Mota, na Amoreira, o técnico estorilista realçou o mérito e o moral reforçado dos leões após o apuramento para a fase de grupos da Liga dos Campeões e desvalorizou o peso de um eventual cansaço decorrente da partida de quarta-feira com o Steaua Bucareste.

"A obrigatoriedade do Sporting é a de encarar o jogo com o Estoril com a pressão de ganhar e nós temos a obrigatoriedade de olhar com aquilo que queremos para todos os jogos: com coragem frente a um Golias. É isto que nos leva a acreditar que amanhã podemos discutir o jogo", afirmou.

As duas recentes goleadas do Sporting, sempre com chapa 5, perante Steaua e Vitória de Guimarães, motivaram Pedro Emanuel a tecer rasgados elogios à formação de Jorge Jesus. Nesse sentido, o treinador do Estoril adiantou a sua expectativa de um Sporting a atacar com Bas Dost e Doumbia de início e em simultâneo.

"É lógico que acreditamos que podem jogar os dois na frente [Bas Dost e Doumbia]. Vêm de resultados motivadores e o Bruno Fernandes também fez alguns jogos seguidos e pode não estar nas melhores condições. Estamos preparados para todos os sentidos, mas, acima de tudo, sabemos o que podemos fazer. Respeitar não é temer o adversário", asseverou.

Por outro lado, o treinador dos estorilistas, que chamou todos os jogadores disponíveis para Alvalade, reconheceu também o bom momento da sua equipa, depois de esta ter marcado um total de seis golos nos últimos dois encontros e somado dois triunfos importantes sobre Vitória de Guimarães e Tondela.

© MIGUEL A. LOPES/LUSA

"Sabemos que não vai ser fácil e nas nossas oportunidades teremos de ser letais. Há que ter consciência que não iremos ter os nossos 50 por cento de posse de bola, mas o que importa é a forma de encararmos os momentos em que não vamos ter a bola. Cada jogo tem a sua história e queremos que a história deste jogo seja de eficácia".

O atual sétimo lugar na Liga, com seis pontos em nove possíveis, confirmam o arranque positivo do clube da linha e as aspirações europeias de Pedro Emanuel e da Direção, como foi manifestado no início desta época e que hoje foram reiteradas pelo treinador na antevisão ao embate com o Sporting.

"Só fiquei cá porque o Estoril dá condições para isso acontecer e eu também quero essa ambição. E só vem para aqui quem tem a ambição de crescer: queremos lutar pela primeira metade da tabela e queremos ser uma certeza do nosso campeonato", rematou.

O Estoril-Praia, sétimo classificado, com seis pontos, visita nesta quarta jornada o Sporting, terceiro, com nove, num encontro agendado para este domingo, às 18h00, no Estádio José Alvalade, e que será arbitrado por Luís Godinho (Associação de Futebol de Évora).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon