Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Pedro Guerra atira-se a Francisco J. Marques e apela a boicote dos árbitros

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/06/2017 Rui Trombinhas

Comentador afeto ao Benfica falou no Apito Dourado e considera que árbitros não têm condições para apitar o FC Porto

© Fornecido por O jogo

Depois das denúncias de um alegado esquema de corrupção, feito pelo diretor de comunicação do FC Porto, Pedro Guerra respondeu apontado o dedo a Francisco J. Marques. "O autor desta denúncia tem um rosto. Chama-se Francisco J. Marques. É o diretor de comunicação do FC Porto. É alguém que, quando era jornalista, dizia que o Apito Dourado não existia, apesar das escutas e nomeações. É alguém que, sobre o Apito Dourado, negou sempre as evidências."

Na sequência, e falando diretamente aos árbitros, deixou um apelo. "Espero que árbitros portugueses tomem posição muito firme. Além de processarem diretor comunicação do FC Porto e que se recusem a apitar jogos do FC Porto. Acho que não há árbitros com condições para apitar os jogos da equipa. É o crime mais grave que podem pender sobre um árbitro: o de corrupção", rematou em declarações no programa "Prolongamento", da TVI.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon