Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Pedro Nunes: "O Edo perdeu a cabeça, não o vou crucificar"

Sportinveste 08/06/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
O treinador do Benfica reconhece que o FC Porto entrou melhor, que a sua equipa reagiu no início da ...: Pedro Nunes: "O Edo perdeu a cabeça, não o vou crucificar" © Sportinveste Multimédia Pedro Nunes: "O Edo perdeu a cabeça, não o vou crucificar"

O treinador do Benfica reconhece que o FC Porto entrou melhor, que a sua equipa reagiu no início da segunda parte e que os portistas perderam o controlo emocional.

O jogo: "O Benfica teve mais dificuldades na primeira parte, muito por culpa do FC Porto. O FC Porto entrou muito bem, o Benfica não dominou o espaço e o tempo defensivos. Fomos uma equipa desgarrada e só o 2-1 fez com que a equipa se reorganizasse e penso que já fomos com algum ascendente para o intervalo. Na segunda parte, o Benfica tem uma entrada de luxo e faz 10 minutos francamente bons. Foi uma equipa pressionante, que ganhou sempre as segundas bolas e que foi mais esclarecida. O Benfica acabou por construir uma vitória justa, mas que não traduz o valor das duas equipas".

FC Porto sem controlo: "A partir de determinado momento, o jogo teve pouca história, porque houve descontrolo emocional do FC Porto, que permitiu que o resultado se avolumasse. Parabéns ao Benfica e aos meus jogadores e um cumprimento especial e digno à equipa do FC Porto".

A expulsão de Edo Bosch: "O Edo Bosch é profissional e certamente, neste momento, reconhecerá que perdeu a cabeça. Não o vou crucificar por isso".

João Rodrigues expulso no sábado, jogou a final: "A lei diz que o castigo que deve ser aplicado [pela expulsão de João Rodrigues, no sábado] é uma advertência, porque é uma sanção técnica e não disciplinar. A Federação de Patinagem de Portugal tem por obrigação salvaguardar, nestes eventos de dois dias seguidos, essa situação. O Benfica insurgiu-se pelo facto de ter de esperar pela próxima quarta-feira, para que o CD se reunisse, quando uma prova destas exige que o CD esteja presente ou delegue em alguém a sua presença, para regular esta 'final four'".

Fonte: OJOGO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon