Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Pelo menos 19 pessoas morreram em ataques suicídas do Boko Haram na Nigéria

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/07/2017 Administrator

Pelo menos 19 pessoas morreram e outras 23 ficaram feridas em vários ataques realizados por quatro suicidas do grupo terrorista Boko Haram em Maiduguri, no noroeste da Nigéria, segundo a polícia.

O comissário da polícia do estado de Borno, Damian Chukwu, confirmou aos meios locais a morte de "doze membros das Forças de Trabalho Conjuntas (JTF na sigla em inglês) e de sete civis" na noite passada.

Os sete civis que perderam a vida foram mortos enquanto velavam a morte dos 12 agentes das forças de autodefesa civil, tendo Chukwu adiantado que "os suicidas atacaram a multidão e mataram sete deles, deixando muitos feridos".

Um porta-voz da JFP Danbatta Bello contou que "uma jovem suicida atirou-se contra um posto de sacos de areia" e "detonou os explosivos que levava no corpo, matando três homens".

Danbatta Bello disse que "isto ocorreu simultaneamente ao [ataque] contra o vendedor de chá" que matou "sete pessoas que estavam a jantar no seu tempo livre".

Um terceiro ataque aconteceu "não muito longe de onde ocorreu a primeira explosão" e "matou outros dos agentes da JTF", ao passo que a quarta explosão se deu em Jiddumeri acabando com a vida de mais um agente.

No final de junho, nove pessoas morreram e várias ficaram feridas em vários atentados perpetrados por sete suicidas na cidade de Maiduguri, no noroeste do país, na altura em que os muçulmanos celebravam o final do Ramadão.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon