Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Pelo menos 33 mortos em confrontos no norte da Nigéria

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/07/2017 Administrator

Pelo menos 33 pessoas morreram em confrontos entre criadores de gado e agricultores no Estado de Kaduna, no norte da Nigéria, anunciou hoje fonte policial à agência France Presse.

Os confrontos, que duraram dois dias, começaram no domingo na vila de Kajuru, a 50 quilómetros da cidade de Kaduna.

"Um total de 33 pessoas morreram em confrontos violentos entre criadores de gado Peuls e agricultores", afirmou o chefe da polícia do Estado, Agyole Abeh.

"A violência começou quando aldeões atacaram um jovem Peul (etnia conhecida também por Fulani) e o seu pai, causando a morte do rapaz, que foi ainda levado para o hospital", acrescentou Abeh.

Pessoas próximas à vítima lançaram uma represália contra a vila, matando seis homens.

Em resposta, os jovens das comunidades agrícolas "mobilizaram-se e partiram para atacar e queimar os acampamentos Peuls que encontraram" pelo caminho.

"Foram mortas 26 pessoas, principalmente mulheres e crianças, e muitas outras ficaram feridas", disse o chefe de polícia.

As forças de segurança deslocaram efetivos para a zona com o objetivo de manter a ordem.

O Presidente interino da Nigéria, Yemi Osinbajo, enviou reforços para o Estado de Kaduna e lamentou as "mortes inúteis", num comunicado publicado na quarta-feira à noite.

No sul do Estado de Kaduna são frequentes os confrontos violentos entre agricultores cristãos e criadores de gado Peuls muçulmanos, grupos nómadas que se têm virado para a sedentarização.

No início, os conflitos eram sobretudo pelo acesso à terra e à água. Entretanto, as tensões étnica e religiosa aumentaram depois da violência pós-eleitoral de 2011, durante a qual centenas de muçulmanos foram mortos e forçados a fugir da região.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon