Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Pentágono abre investigação a morte de soldados norte-americanos no Níger

Logótipo de O Jogo O Jogo 18/10/2017 Administrator

O Pentágono anunciou hoje que abriu uma investigação para apurar as circunstancias em que ocorreu a morte de quatro militares norte-americanos no Níger, quando foram emboscados durante uma patrulha de rotina.

O comando militar dos Estados Unidos em África (AFRICOM) anunciou, em comunicado, que o objetivo da investigação é esclarecer o que aconteceu, com o objetivo de "garantir a segurança em futuras missões na região".

O incidente teve lugar no dia 04 de outubro a 190 quilómetros a norte de Niamey, a capital do Níger, perto da fronteira do Mali, onde militantes da Al-Qaida no Magrebe islâmico, uma filial da Al-Qaida, levaram a cabo incursões transfronteiriças.

Na emboscada morreram quatro soldados norte-americanos e dois ficaram feridos, com um soldado do Níger a morrer também.

Estas são as primeiras vítimas norte-americanas numa missão de capacitação e assistência das Forças Especiais dos Estados Unidos às forças armadas no Níger.

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, disse aos repórteres que o presidente Donald Trump falou com as famílias dos quatro soldados mortos, "endereçando as suas condolências em nome de uma nação grata".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon